Total de noticias: 86
07/06/2016
Troféu Nacional CBKC Melhores Criadores do Ano de 2015
Troféu Inédito para um criador da raça Pastor Alemão no Brasil foi entregue na última Exposição Nacional da CBKC.  Ser classificado entre os dez melhores criadores do Brasil, entre todas as raças foi uma distinção honrosa para o Canil Casa Chaplin.  Na foto, Dedé e Maninho que representaram o Canil na cerimônia de entrega dos troféus para os dez melhores criadores do Brasil 2015.
03/02/2016
Canil de Florianópolis entre os dez melhores criadores do Ranking CBKC 2015
Canil Casa Chaplin aparece entre os dez melhores criadores do Ranking CBKC 2015 -   Título inédito para um criador da raça pastor alemao no Brasil
 
http://cbkc.org/ranking2015/
27/06/2015
Furto de cães de raça é registrado em Criciúma

Valor dos animais levados e dois canis da cidade passam dos 20 mil reais.

23/06/2015 16:26:02 - Atualizado em 23/06/2015 16:09:10
Guilherme Hahn /Prof. orientador Cláudio Toldo (SC0640JP)

Um crime diferente está ocorrendo em Criciúma: roubo de cães de raça. Os animais foram levados dos canis dos criadores onde estavam. Duas ocorrências foram registradas, e, ao todo, 11 animais de quatro raças foram retirados de dois donos.

O que mais chamou a atenção dos criadores foi a forma como o furto ocorreu. “Eles entraram na minha casa no bairro Pinheirinho, por volta de 23 horas, e, nenhum dos meus outros cachorros latiram. Os ladrões foram diretos no canil especial onde estavam aqueles animais e levaram eles embora”, conta a veterinária e criadora Laís Ferreira.

No caso do criador Guilherme Colombo Nuremberg, o furto ocorreu durante a tarde no bairro Vila Floresta. “Eles invadiram o terreno e foram até o canil. Pegaram especificamente sete animais de duas raças diferentes e ignoraram os outros”, explica.

Entre as raças levadas pelos bandidos na casa de Lais, estão oito filhotes da raça rottweiler, avaliados em 800 reais cada um, e dois bulldogs franceses, com preço estimado de 3,5 mil reais cada animal. Os cachorros roubados da casa de Guilherme foram três pugs, sendo dois com preço entre 3,5 e 4 mil reais, e dois spitz alemão anão, que valem 4 mil reais cada um.

Atenção evita compra errada

Como os furtos foram de raças especificas, os proprietários acreditam que os animais tenham sido encomendados para serem revendidos. “São bichos de fácil venda. Quem os pegou sabia exatamente o que queriam, não foi aleatoriamente, foi premeditado”, comenta Laís. 

De acordo com a veterinária, é preciso atenção na hora de comprar animais que tenham preços muito abaixo dos de mercado.

“É muito importante quando aparecer algum cachorro assim pedir para conhecer o canil, pois assim o comprador pode conhecer os pais do bicho. Outro fator muito importante que vai determinar se é um vendedor sério, são as informações que ele conhece sobre o animal, como idade por exemplo”.

Fonte: http://www.portalsatc.com/site/interna.php?i_conteudo=21040

15/06/2015
Pastores Alemães "desaparecidos"

[CARTAZ CAES.doc]

10/06/2015
Uso indevido de imagem
Quando uma pessoa interessada em um filhote pergunta o preço, está comparando, muitas vezes, o preço de um ser vivo criado com todos os cuidados com o preço de outro oriundo sabe-se lá de onde, sem origem garantida, mas fruto de uma publicidade totalmente enganosa como é o caso dos exemplos abaixo relacionados.  As fotos da publicidade dos criminosos, como se pode ver, são de propriedade de um criador que se esforça por manter o controle da criação, o registro, o pedigree.  Mas a internet possibilita que esse mercadores de filhotes, verdadeiros criminosos, se apropriem das imagens, as coloquem nos sites irresponsáveis como OLX e Mercado Livre para venderem os animais que eles não conseguem sequer fotografar porque não tem nenhuma garantia de origem.  Mas isso vai ter um fim, um dia. O poder judiciário vai ser acionado para punir esse tipo de crime, reparando as perdas dos criadores sérios e honestos que estão sendo ludibriados.  
28/04/2015
Cães de raça, o novo alvo do crime organizado na Argentina
Os animais são vendidos a valores que superam os 4.000 reais. Bulldog francês, pug, cocker spaniel e caniche toy são as raças mais visadas pelos ladrões de cachorros

Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/mundo/caes-de-raca-o-novo-alvo-do-crime-organizado-na-argentina